Google Ads: 5 coisas que você precisa saber sobre a nova versão - Seek Web
Telefone: (11) 99119-5050 - (13) 3356-1538

Google Ads: 5 coisas que você precisa saber sobre a nova versão

jun 28, 2018

0
Google Ads: 5 coisas que você precisa saber sobre a nova versão

Google Ads: 5 coisas que você precisa saber sobre a nova versão

Posted in : Blog de Marketing Digital on by : Rafael Oshiro

Há alguns anos o Google vem fazendo grandes anúncios, e eles costumam girar em torno dos dispositivos móveis – em 2013, houve o anúncio das campanhas aprimoradas, que eliminaram a antiga prática de criar campanhas separadas para computadores e dispositivos móveis. Todos os anos, desde então, temos mais e mais recursos de anúncios para dispositivos móveis – e este ano não foi diferente.

O Google continua enfatizando o uso do celular, o que significa que a aparência da SERP está mudando de maneiras que favoreçam a experiência móvel. É claro que os anúncios pagos também precisam se adaptar ao mundo dos dispositivos móveis, e em abril o Google anunciou algumas mudanças novas e interessantes no Google AdWords, que serão lançadas nos próximos meses e que os profissionais de marketing precisam conhecer. Aqui está tudo o que você precisa saber para avançar em relação a essas grandes mudanças em breve no Google AdWords.

1. Novos anúncios de pesquisa local para aparecer no Google Maps

O Google revelou o que chama de “próxima geração” de anúncios de busca locais. Esses novos anúncios aparecerão no Google Maps (no aplicativo, bem como nas versões para computador e celular do site), bem como no google.com.br. Nos novos anúncios os logotipos e as ofertas da marca aparecerão diretamente na superfície do mapa, em vez de apenas ao lado do mapa.

Por que o foco no Google Maps?

O Google Maps agora tem mais de um bilhão de usuários e as pessoas visitam 1,5 bilhão de destinos com base em suas pesquisas no Google. Como o Google observou, pesquisas relacionadas à localização:

 

  • Respondem por quase um terço de todas as pesquisas em dispositivos móveis.
  • Cresceram 50% mais rapidamente do que as pesquisas gerais em dispositivos móveis no ano passado.

 

Para gerar mais tráfego online do Google Maps para empresas locais, o Google está trabalhando em outros novos formatos de anúncios, como os de promoção. Além disso, o Google está reformulando as páginas de empresas locais. Duas alterações importantes aqui: os anunciantes poderão destacar uma promoção na loja e os usuários poderão pesquisar no inventário local.

Essa é uma ótima integração, oferecendo aos anunciantes a capacidade de adicionar logotipos e ofertas. No entanto, a segmentação de anúncios aqui é um pouco complicada. Os anúncios são exibidos com base em consultas, mas o Google também está analisando vários outros sinais de contexto (semelhantes a anúncios gráficos), como histórico pessoal de navegação, usuários semelhantes, hora do dia, interesses e comportamentos.

2. Anúncios de texto expandidos: ganham títulos em dobro e mais caracteres

O Google eliminou os anúncios do lado direito do SERP de computadores em fevereiro como uma maneira de criar uma experiência mais unificada do Google em todos os dispositivos. Agora, os anúncios de texto estão prestes a sofrer uma alteração significativa.

Com anúncios de texto novos e expandidos, as manchetes estão prestes a ficar muito maiores. Em breve, os anunciantes poderão ter duas manchetes de 30 caracteres, a partir de um único título de apenas 25 caracteres. Nos primeiros testes, o Google descobriu que essa mudança aumentou dramaticamente a CTR (Click-Through-Rate) – em até 25%.

Na WordStream foi divulgado que adicionar uma extensão de anúncio ou uma extensão de chamada a anúncios de texto para celular tende a aumentar a CTR em cerca de 12%. Portanto, faz todo o sentido que os CTRs para títulos duplos sejam ainda maiores.

Além de mais cliques, o Google disse que os títulos mais longos serão mais úteis para os anunciantes e resultarão em tráfego melhor qualificado para os anunciantes.

Essa mudança é enorme – literalmente. Particularmente com tão pouco espaço na tela do smartphone, essa mudança de título é uma ótima notícia para os anunciantes (como de costume, não tanto para aqueles do lado orgânico).

Além disso, o Google está expandindo o número de caracteres que podem estar na linha de descrição. Em breve, os anunciantes terão a capacidade de escrever uma única linha de descrição de 80 caracteres, um aumento em relação ao atual de 35 caracteres. Você também perceberá que o URL de visualização foi removido, pois o Google AdWords extrairá automaticamente o domínio do URL final. Os anunciantes podem adicionar de um a dois caminhos para melhorar a visualização do URL.

3. Melhor medição de conversões

Você sabe que as pessoas clicam nos seus anúncios do Google AdWords e isso está gerando tráfego para sua empresa local, mas, quanto exatamente? O Google AdWords agora pode ajudar mais empresas a preencher a lacuna entre os mundos digital e físico, medindo as conversões na loja.

Tecnicamente isso não é “novo” (o Google diz que mais de 1 bilhão de visitas a lojas foram medidas até agora nos últimos dois anos), mas ainda é um grande negócio. Logo, as conversões na loja se tornarão mais amplamente disponíveis para mais tipos de negócios, o que é fundamental, considerando que 90% das vendas ocorrerão nas lojas, em vez de online.

A parte bonita é que o Google simplesmente analisa o histórico de localização do telefone para determinar se a pessoa que pesquisou e clicou no seu anúncio acabou entrando na loja. Como exemplo, o Google citou a Nissan do Reino Unido, que descobriu que 6% das pessoas que clicaram em anúncios foram para a concessionária, resultando em um ROI de 25x.

4. Novos anúncios gráficos responsivos

Prepare-se para os anúncios gráficos responsivos. Em breve, você só precisará fornecer ao Google um URL, título, descrição e imagem, e o Google criará anúncios gráficos responsivos para você. Você poderá exibir anúncios que se adaptam tanto ao conteúdo dos websites em que eles estão quanto aos aplicativos. Isso inclui o inventário de anúncios nativos.

Isso é muito legal porque é difícil criar anúncios para todos os formatos diferentes (arranha-céu, tabela de classificação, quadrado, retângulo, etc). O Google está eliminando esse incômodo com os anúncios gráficos responsivos. Eles descobrirão o melhor formato para seu anúncio, dependendo de onde ele está sendo veiculado. Espere que todas essas mudanças sejam implementadas ainda este ano.

5. Alterações no lance de dispositivo

Por fim, algumas alterações estão chegando ao processo de lance do Google AdWords.

Atualmente, os anunciantes definem um lance de computador de mesa de base e, em seguida, definem os lances para celular como um multiplicador no lance base. Isso foi introduzido com as campanhas avançadas. (E o tablet está preso ao desktop, algo que muitas pessoas reclamam, embora as pesquisas em tablets respondam por apenas cerca de 5% do tráfego e não estejam crescendo.)

Indo adiante, tudo isso está sendo desacoplado. Você terá a capacidade de definir lances para dispositivos móveis, lances para computador e lances para tablet de forma independente ou torná-los dependentes um do outro. Isso dá aos anunciantes um pouco mais de flexibilidade e reforça o ponto de vista do Google em primeiro lugar em dispositivos móveis (por que começar com o lance para computador se tudo estiver em primeiro lugar para dispositivos móveis?).

Nós vivemos em um mundo móvel. Mais de 50% dos trilhões de pesquisas realizadas no Google todos os anos vêm de dispositivos móveis.

É por isso que, a cada ano, o Google está inovando em dispositivos móveis para oferecer uma experiência atraente aos usuários e garantir que os anunciantes alcancem os consumidores em momentos importantes.

No mínimo, você precisará aproveitar os formatos de anúncios para dispositivos móveis e se preparar para esses novos formatos no futuro, para ter certeza de que está atraindo e convertendo pesquisadores para dispositivos móveis quando eles estiverem usando consultas de pesquisa comerciais e procurando encontrar um negócio rápido.

Quer atualizar seus anúncios e garantir o melhor retorno? Entre em contato com um dos especialistas da Seek Web e saiba como otimizar seus resultados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *